As melhores redes sociais para escritores

Como tirar o melhor das redes sociais para escritores

A internet é uma ótima oportunidade para divulgar livros e a carreira literária, uma vez que é um espaço aberto e de livre acesso, onde o autor pode se aproximar do seu público. Nesse sentido, as redes sociais para escritores são recursos promissões, pois as pessoas estão cada vez mais conectadas. Leia e veja como tirar o melhor proveito das mídias sociais para promover seus livros!

Quais as principais redes sociais para escritores

Primeiramente, vamos abordar as redes sociais mais acessadas. Assim, poderemos explicar melhor como as mídias digitais são ótimos recursos do marketing para escritores, pois possibilitam ao escritor alcançar um maior volume de seguidores.

Vamos lá!

Youtube

O Youtube, na verdade, é uma plataforma de vídeo. Porém, ele possui recursos similares aos de redes sociais. Por exemplo, a opção de seguir um canal e interagir com os usuários.

O YouTube vem crescendo e em 2019 ultrapassou o Facebook, se tornando a rede mais utilizada pelos brasileiros. Por isso, vale a pena incluí-lo na lista de redes sociais para escritores.

Mas, por que o YouTube ganhou tanto espaço na vida dos internautas, chegando até mesmo a ultrapassar o Facebook?

Em primeiro lugar, os vídeos são mais fáceis de consumir, uma vez que os usuários conseguem assisti-los enquanto fazem outras atividades.

Além disso, o vídeo é um ótimo recurso para divulgar seu estilo e se comunicar mais diretamente com seus leitores.

Outro fator a considerar é o engajamento desse formato. Pesquisas apontam que, entre ler um texto e assistir a um vídeo sobre o mesmo conteúdo, 60% dos internautas escolhem assistir ao vídeo. Pois, o conteúdo é mais dinâmico e fácil de assimilar.

Desse modo, uma boa dica de marketing para escritores é investir no conteúdo em vídeo. Mais ainda no YouTube.

Vale ressaltar ainda que o vídeo contribui para melhorar o posicionamento no Google, além de gerar mais engajamento do que textos. Também, o vídeo conta com uma variedade de recursos, como trilha sonora, recursos visuais e a própria persuasão do narrador — que aumenta seu potencial de conversão.

Facebook

Apesar de ter deixado de ser a rede social mais usada pelos brasileiros, o Facebook ainda ganha destaque pelo volume de usuários ativos. Só para ilustrar, são mais de 2,2 bilhões pessoas cadastradas na rede. Vale ressaltar que 130 milhões dessas contas são brasileiras.

Ou seja, ainda que o Brasil tenha colocado o YouTube acima do Facebook, essa ainda é uma das mais utilizadas nacionalmente. Então, o Facebook ainda funciona como uma das mídias digitais mais indicadas para escritores.

Por ser abrangente e diversificado, o Facebook reúne diversas funcionalidades, possibilitando desde a gerência de negócios até a extensão de seus relacionamentos. Portanto, se você está procurando como divulgar um livro, este é um ótimo canal.

Instagram

O Instagram já é uma das redes preferidas pelos internautas e tem crescido cada vez mais nos últimos anos. Não à toa, temos visto o aumento de Instas Literários.

Isso porque, desde 2012, quando foi comprado pelo Facebook, essa rede social adquiriu novas funcionalidades. Assim, tem se tornado mais atrativa para seus usuários.

Por exemplo, agora é possível postar fotos com proporções diferentes. Sem contar a criação dos Stories, que inovaram as formas de compartilhar eventos do dia. Ainda, a rede disponibiliza enquetes, perguntas entre seguidores, GIFs, boomerangs, e etc.

Outra inovação do Instagram foi o IGTV, que surgiu a partir de 2018. Esta nova funcionalidade é destinada a vídeos com mais de 60 segundos.

Além dele, o Instagram Cenas também é focado na publicação de conteúdo visual. A principal função destes recursos é humanizar as marcas mostrando os bastidores de eventos, dentre outros.

Logo, não faltam ferramentas dentro da rede para você interagir com seus leitores!

Twitter

Por sua vez, o Twitter é muito usado por celebridades e pessoas públicas. Dessa maneira, trata-se de uma relevante rede social para escritores. Mesmo em declínio desde 2009, o Twitter ainda reúne um volume significativo de usuários, cerca de 321 milhões de seguidores.

Além disso, a mídia social funciona como um mini blog, em que o escritor pode aproveitar para postar atualidades sobre seu dia a dia e realizar outras interações instantâneas.

Atualmente, é muito utilizado como segunda tela. Ou seja, os usuários usam o Twitter para comentar sobre algo que estejam assistindo. Por exemplo, na TV, ou sobre algum evento, enquanto ele ocorre.

Por isso, pode funcionar como uma forma de atrair sua audiência, divulgar suas ideias, novidades, novos trabalhos e etc.

LinkedIn

Considerara como uma rede social corporativa e para negócios, o LinkedIn é uma ótima forma de criar networking com profissionais do livros, como editores e agentes literários.

Mas, cuidado! A função principal da rede social é se socializar! Seja amigável e não force uma abordagem comercial antes da hora.

O diferencial desta rede social é seu foco nos contatos profissionais. Ao contrário de redes sociais como Facebook e Instagram, que costumam priorizar redes de amigos dos relacionamentos pessoais.

Ao invés disso, o que encontramos no LinkedIn são conexões. As comunidades, por sua vez, reúnem profissionais que englobem a mesma área, tema de interesse ou profissão.

Por isso, o LinkedIn é muito utilizado por empresas, por exemplo, para recrutar novos profissionais. Também é útil para compartilhar experiências nas áreas de atuação e tornar seu negócio conhecido por outros.

Aplicativos de mensagens

Além das redes sociais, os apps de mensagens também fazem parte do cotidiano da maioria das pessoas, de todas as idades!

Desse modo, vale a pena disponibilizar esse contato com o leitor. Por exemplo, para receber comentários sobre a obra, tirar dúvidas sobre onde comprar o livro e até mesmo bater um papo com os leitores.

A questão é: as pessoas estão conectadas, o escritor também deve estar a fim de alcançar seu público e formar mais leitores!

Whatsapp

O Whatsapp é um aplicativo de mensagens tão usado pelos brasileiros que é considerado como rede social. Ele é um ótimo meio de compartilhar informações, tanto de nível individual quanto em grupo.

Além disso, algumas operadoras permitem o uso ilimitado do pacote de dados, sem descontar o consumo do pacote do consumidor. Assim, ele se torna mais acessível e mais popular entre todos.

Messenger

O Messenger, aplicativo de mensagens do Facebbok, foi incorporado a essa rede social em 2011. Porém, em 2016, foi separado dela.

A partir disso, para mandar mensagens utilizando-o, é preciso baixar o app. Pois, não é mais possível responder mensagens pelo próprio Facebook.

Skype

Através do Skype, é possível realizar chamadas de vídeo e de voz, bem como gravar chamadas, enviar mensagens via chat, além de arquivos.

É o canal mais usado para reuniões remotas, inclusive no mercado editorial. Por exemplo, para a realização de sessões de mentoria literária.

Comunidades para escritores e leitores

Além das opções acima, existem outras mídias digitais que podem ser muito úteis ao marketing para escritores.

Se você está pensando em como divulgar seu livro, é importante pensar nas comunidades para escritores e leitores tanto quanto nas redes sociais e aplicativos de mensagens:

Por isso, separamos algumas das mais importantes para você conferir. Dá uma olhada!

Skoob

O Skoob funciona como uma rede social de leitores. Então, o site apresenta meios de criar seu perfil, fazer uma catalogação dos livros que o leitor já leu, releu, abandonou a leitura e, por fim, dos que quer ler.

Outra utilidade da ferramenta é saber quais livros o leitor emprestou. Além disso, criar metas de leitura. Essas metas são estabelecidas pelo próprio usuário e o notificam quando ele se atrasa na leitura.

Quando o leitor finaliza um livro, é possível dar uma nota a ele pelo aplicativo. Assim, o usuário pode conferir as avaliações que determinado livro tem e assim decidir se vale a pena iniciar a leitura ou não.

Nesse sentido, o Skoob se mostra uma ótima mídia digital de compartilhamento entre leitores, já que é possível conhecer mais pessoas interessadas nas mesmas leituras para comentar e discutir com elas, em qualquer lugar do mundo.

Logo, se os leitores estão lá, você também precisa estar!

Wattpad

O Wattpad é um aplicativo que permite tanto o compartilhamento quanto a publicação de histórias. Melhor de tudo: é gratuito e disponível para Android e iOS.

Hoje, também funciona como uma mídia social para quem ama leitura e gosta de conferir obras de autores conhecidos e explorar autores desconhecidos.

Além disso, o aplicativo é uma ótima oportunidade de marketing literário, já que contém parcerias com editores, bem como empresas de mídia.

Com isso, o Wattpad representa uma ótima oportunidade de conexão com seu público e divulgação dos seus trabalhos.

Como usar as redes sociais para divulgar seus livros

Em primeiro lugar, é preciso saber quem é seu público. Além de faixa etária, procure entender quem é seu leitor. Compreenda o que ele ou ela:

  • Faz para se divertir;
  • Valoriza na vida;
  • Gosta de comer e beber;
  • Lê;
  • Usa para se comunicar (que tipo de vocabulários, se usa gírias ou uma linguagem mais rebuscada, e quais seus canais preferidos);
  • Acredita e promove.

Entre essas e outras questões. A ideia é ter um “personagem” completo em mente. Isso é o que chamamos no marketing de Persona. Ou seja, é um perfil bem detalhado do leitor interessado no seu trabalho.

Depois, é essencial padronizar sua comunicação de acordo com seu estilo como escritor, bem como sua Persona.

Fale sobre você

O autor pode publicar conteúdos sobre seus gostos pessoais, o que valoriza, aprecia, compartilhar sua visão de mundo e etc. Claro, colocando o profissionalismo SEMPRE em primeiro lugar.

Isso ajuda a criar identificação e afeição com o público. Esse elo é fundamental para engajar com sua audiência nas redes sociais para escritores.

Fale sobre seus trabalhos

Claro, você também deve divulgar suas obras. Por exemplo, mostrar páginas do seu livro, o que você está desenvolvendo no momento, “amostras grátis” das suas obras, trechos de sua autoria e etc.

Nesse sentido, uma boa dica é usar o Twitter para postar novidades de sua rotina de trabalho. Por exemplo, um novo capítulo concluído, ou um novo conto.

Além do Twitter, você também poderia publicar no Instagram fotos suas escrevendo e até mesmo gravar vídeos curtos de seu espaço de escrita.

Fale sobre seus processos criativos

Em terceiro lugar, uma forma de usar redes sociais para escritores é ajudar novos autores com dicas de escrita e processos criativos.

Além disso, compartilhar com o público sua maneira de trabalhar também gera curiosidade nos leitores, o que é ótimo para o engajamento nas redes.

Contar sobre seus próprios métodos de escrita também é uma forma de criar mais autoridade e agregar valor a seu perfil profissional.

Sem dúvida, é uma maneira de chamar atenção de editoras, assessorias e agentes literários. Ou seja, é uma ótima prática para se destacar no mercado editorial.

Dê dicas sobre os assuntos relacionados ao seu livro

Se você escreve ficção-científica e fantasia, compartilhe atualidades sobre tecnologia, ciência, ou sobre o mundo criado no seu livro.

Só para exemplificar, se o seu livro aborda mudanças climáticos, forneça dicas sobre como podemos cuidar melhor do meio ambiente.

Enfim, a ideia é criar informação relevante sobre os assuntos do seu livro dentro das redes sociais para escritores.

O que NÃO fazer nas redes sociais

Acima de tudo, mantenha o tom profissional. Para isso:

  • NÃO responda comentários negativos de maneira grosseira;
  • NÃO tente “empurrar” o livro para todo mundo, sem considerar sua Persona e sua jornada de compra;
  • NÃO esqueça de que as redes sociais são primeiramente canais para criar um relacionamento;
  • NÃO publique conteúdos de baixa ou nenhuma qualidade;
  • NÃO importune profissionais do livro, como editores, agentes literários e outros autores;
  • Etc.

Falamos mais sobre boas práticas online no post com dicas para escritores iniciantes. Não deixe de conferir!

Seja um sucesso nas redes sociais literárias!

As redes sociais para escritores são a melhor maneira de alcançar mais leitores, uma vez que as mídias online fazem parte do cotidiano da maioria das pessoas.

Quando falamos de mídias sociais, considere também plataformas de vídeo, aplicativos de mensagens e comunidades online de leitores e autores.

A ideia é criar conexões com o máximo de pessoas, visando sempre uma experiência humana, um relacionamento e uma aproximação genuína.

Portanto, aplique estas dicas e veja como seu público vai crescer. Consequentemente, sua base de leitores.

Gostou? Assine nossa Newsletter e receba por e-mail as novidades do nosso blog e ainda conteúdos exclusivos!